Tijolo ecológico ou casa container? Comparamos e comentamos 3 aspectos importantes

Buscando algo diferente, inovador e econômico para ser um lar ou um empreendimento?

Junto das dificuldades de se adquirir uma casa e das crescentes preocupações com o meio ambiente, as pessoas têm buscado alternativas para morar ou ter um espaço para abrir o próprio negócio.

Estética é um ponto muito importante: Quando vamos começar a projetar uma casa queremos que tenha ou represente uma personalidade.

Os containers geralmente são agrupados ou sobrepostos e têm espaço e formato limitados. Além disso, requerem mão de obra especializada principalmente nos cortes das esquadrias.

Construir com tijolos ecológicos é como uma construção de alvenaria convencional: as possibilidades arquitetônicas e de formatos são diversas!

Conforto é algo bastante considerável: imagine se, no calor, a casa esquenta muito ou no frio nos deixa congelando!

O aço conduz calor e é um péssimo isolante acústico. O container requer tratamentos especiais para que esses dois exemplos não se tornem inconvenientes reais.

O fato de o tijolo ecológico ser fabricado com terra e ter furos torna a casa muito fresca no verão e acolhedora no inverno.

Além da eficiência térmica, o isolamento acústico também é beneficiado devido à matéria prima.

Economia é fundamental: mas têm que ter personalidade a um preço acessível.

Como é um tipo de construção diferente, o container carece de legislação específica, o que dificulta obter financiamento para moradia, rede de esgoto e energia, por exemplo. Dependendo do que armazenava quando estava em uso, pode conter vestígios de substâncias tóxicas ou contaminantes. Ainda pode haver ferrugem, por se tratar de um objeto que servia para transportar cargas marítimas. O preparo e a regulamentação para se habitar um container é dispendioso, além de burocrático.

Um ponto a se destacar na construção com tijolo ecológico é a economia. Além da diminuição de entulho gerado pela obra, não há necessidade de madeira nos pilares e vigas, e nos próprios furos podem-se passar as instalações elétricas e hidráulicas.

Além disso, economiza-se até 70% de concreto e argamassa no assentamento.
Autenticidade deixa a desejar numa obra sem praticidade. Do que adianta ter estilo se for dificultoso e não for aconchegante?

Projetos de moradia e empreendimentos são feitos para que as pessoas usem, transitem e sintam-se à vontade! E para quem vai construir, enxugar custos e ter qualidade é fundamental!

Projetos que utilizam tijolo ecológico têm inúmeras vantagens! De economia à versatilidade, possibilitando até a própria fabricação das peças!

Deixe uma resposta